Kate Middleton e Carolina Patrocínio: por quê tanto espanto?

Kate Middleton Carolina Patrocínio

Sabem aquela definição de loucura do Einstein (a definição, não a loucura) que é fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes? É um bocado assim que andamos todas a reagir ao extraordinário mesmo-logo-ali-umas horitas-depois-pós-parto da Carolina Patrocínio e da Kate Middleton.

A Carolina Patrocínio foi mãe e nas fotografias ainda no hospital ou à saída aparecia como sempre apareceu. E quantas vezes é que ouvi nas últimas semanas mulheres a repetir “Sete horas depois?! Sete horas depois estava assim? De saltos altos?” sobre a Kate Middleton. E cada uma vai no terceiro filho.

Como é que há indignadas? Alguém imaginou que a Carolina Patrocínio ia passar a ter a celulite que nunca teve depois da bebé nascer? Ou que a Kate ia sair da maternidade despenteada e a carregar muitos sacos?

Estas duas recém-mães são profissionais da coisa. Para além de serem, com muita probabilidade, geneticamente favorecidas. Mas há alguns pontos de que nos devemos lembrar antes de lhes começar a chamar nomes mentalmente.

É tudo relativo

Sim, a Kate estava mais bem arranjada no seu vestido encarnado e saltos altos do que eu no último casamento a que fui. Mas tinha ainda bem visível a barriga-do-dia-seguinte. Estava perfeita a comparar comigo, mas “imperfeita” a comparar com o seu melhor. Bate certo. O útero dela também tem os seus timings.

Viver da imagem

Cada uma à sua maneira, a vida destas mulheres depende muito da imagem. Se eu soubesse que ia haver um batalhão de fotógrafos à saída da maternidade, talvez também me tivesse maquilhado. Se eu tivesse 18% de massa gorda também não pareceria tão inchada. Como se dizia na escola, se a minha avó tivesse rodas, era uma bicicleta.

Treinar como a Carolina Patrocínio

Eu sigo-a no Instagram e por isso vejo. Ela treina mais numa semana do que eu treinei todo o ano passado. Ela faz cardio e não cardio, chova ou faça sol, grávida ou não. Escreve livros sobre isso. Aplica uma disciplina admirável que tem resultados. Tinha apenas uma pequena barriga e de resto nem se notava que estava grávida. Entretanto, a única coisa que aconteceu foi que o bebé saiu.

Ter a equipa da Kate Middleton

Ser rica ou da família real ou ambas dá direito a ter uma equipa: cabeleireiros, maquilhadores, estilistas, personal trainers, nutricionistas e quem sabe chefs. O emprego destes especialistas consiste em garantir que as aparições públicas, sobretudo as mais mediáticas, são preparadas com antecedência e rigor. Fazem ideia do aspecto que cada uma de nós teria se uma PME existisse para nos dar bom aspecto?

Conclusão

Eu sei, eu sei. Não, nem eu. Já passou… Já passou. Se alguma delas tiver mais um bebé, eu acho melhor começarmos já a antecipar mais um comeback épico só por causa das coisas. E a menina?

Também podes gostar

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.