5 episódios de Friends que me fazem pensar na vida

episódios de Friends

É uma série antiga, datada em certa medida, ainda com aquelas gargalhadas de fundo gravadas a acompanhar as punch lines. Mas a verdade é que há certos episódios de Friends que me fazem sempre pensar na vida.

Acho que são pequenas sementes que ficam aqui na parte de trás da nossa cabeça. E, quando nos deparamos com alguma coisa que nos faz lembrar delas, vamos lá buscar. Isto faz-me lembrar um episódio em que…

O incrível conforto de ver episódios de Friends

É daquelas coisas, se estiver a dar um episódio de Friends, é quase certo que vou parar e ficar a sorrir benevolamente para a televisão. É uma série simpática. Claro que, com o passar do tempo, ficou datada em alguns aspectos, desde penteados a piadas. E também é verdade que o humor, como o suspense, funciona melhor da primeira vez que é experimentado.

Mas há piadas que são mais do que a sua punch line. Há piadas que são a história inteira daquelas personagens, ou que são humor físico que não cansa rever. E depois são tantos episódios, de há tantos anos, que uma pessoa vai revendo de vez em quando e sabe bem.

Não cansa, mesmo passado todo este tempo. Por isso é que as notícias de que ia haver uma reunião da série Friends geraram tantos títulos e updates. E pela Internet abundam listas que ordenam as temporadas da pior para a melhor, como esta, e bloopers, que também é daquelas coisas que um fã se diverte a ver. Especialmente neste caso, em que geralmente são ataques de riso dos actores (btw, a gargalhada da Lisa Kudrow também vale a pena espreitar).

5 episódios de Friends que me fazem pensar na vida

E para além das gargalhadas, há episódios que ainda me conseguiram deixar a reflectir sobre aspectos da minha vida. Aqui fica uma lista de alguns episódios que, sempre que vejo, me fazem pensar na vida.

Quando roubam o cartão de crédito da Monica

É um episódio antigo, mas há uma mulher que rouba o cartão de crédito da Mónica e quando ela vai ver o extracto, vê uma série de despesas que ela nunca fez, mas gostaria de ter feito. Aulas de sapateado e coisas do género. Ou seja, a assaltante estava a usar a conta bancária dela para viver a vida de sonho dela. Diz-me lá que não dá que pensar.

Quando o Joey e a Phoebe discutem se é possível uma boa acção ser totalmente desinteressada

Há um episódio em que a Phoebe quer provar ao Joey que é possível fazer uma boa acção de uma forma desinteressada. O Joey diz que se alguma coisa te faz sentir bem, então é egoísta, e que todas as pessoas são egoístas. E a Phoebe passa o episódio todo a tentar provar que ele está errado. Já não me lembro como acaba, mas é um problema filosófico interessante, talvez inútil, mas interessante.

Quando a relação da Monica e do Chandler é mais interessante do que a da Phoebe e do polícia

Há um episódio em que a Phoebe começa a namorar com um polícia e eles estão naquela fase de início de namoro em que não se conseguem largar. A Monica tenta convencer o Chandler a competir com eles. Até que o Chandler, que quando queria até era bem sexy, lhe mostra que uma relação que já passou essa fase inicial pode ser ainda melhor, até mais excitante, de uma forma diferente.

Quando a Phoebe fica zangada com o Ross por causa de um sonho

Primeiro, a Phoebe está muito zangada com o Ross. Depois, ele começa a pedir desculpa por tudo o que lhe ocorre que a possa ter chateado. Depois, a Phoebe apercebe-se de que o que realmente a chateou foi uma coisa que aconteceu num sonho que ela teve. A primeira vez, pareceu-me um bom episódio de comédia. Mas, entretanto, já me aconteceu. Já fiquei, se não chateada, desconfiada ou de pé atrás com alguém, só por causa de um sonho que tive nesse dia.

Quando todos fazem 30

É um episódio que mostra a reacção dos 6 amigos no dia em que cada um faz 30 anos. Há um monólogo da Rachel, em particular, que é tão verdade. Ela começa a contar para trás e a pensar que só quer ser mãe aos 35, mas precisa de um ano para engravidar, mas para isso queria um ano casada sem filhos, e queria namorar dois anos antes de casar e portanto, basicamente, já devia estar a namorar com a pessoa que quer casar. Quem nunca.

E alguns outros episódios de Friends que me fazem só rir

E depois há outros episódios de Friends que não me fazem pensar em nada em particular, apenas me dão grande vontade de rir. E não é razão suficiente para os reveres? Aqui fica a lista!

The One With Unagi (temporada 6, episódio 17)

Ah, unagi. Para me rir com certos episódios de Friends, às vezes, basta uma única palavrinha. Unagi e aquele gesto que o Ross faz como se estivesse a apontar uma pistola ao cérebro.

The One With The Cop (temporada 5, episódio 16)

Este é aquele em que o Ross grita PIVOT! enquanto eles tentam levar um sofá pelas escadas acima. PIVOT!

The One With All The Resolutions (temporada 5, episódio 11)

Entre muitas outras coisas, o Ross usa calças de pele e depois vai à casa-de-banho durante um encontro e as calças deixam de entrar. Humor físico no seu melhor. E mais não digo.

The One With The Embryos (temporada 4, episódio 12)

Neste episódio, a Monica e a Rachel jogam contra o Chandler e o Joey para ver qual par conhece melhor o outro. A certa altura a Rachel grita “HE’S A TRANSPOSTER”. E as mulheres perdem e têm de ceder o seu apartamento.

The One Where No One’s Ready (temporada 3, episódio 2)

É um dos chamados “bottle episodes”, em que os protagonistas estão todos num único sítio. Sem extras, nem cenários, nem nada que distraia, é um episódio que vai mesmo ao que tem piada nestas personagens. O Ross quer sair de casa para ir a um evento e ninguém está pronto. That’s it.

The One Where Everybody Finds Out (temporada 5, episódio 14)

Toda a gente descobre que a Monica e o Chandler estão juntos e há tensão sexual forçada e hilariante entre a Phoebe e o Chandler e planos e contra-planos. “They don’t know we know they know we know”. Tão bom.


E tu? Quais são os teus episódios de Friends preferidos?

.


Também te pode interessar:

17 coisas que aprendi com os melhores filmes da Disney

21 coisas que aprendi com a série O Sexo e a Cidade

Também podes gostar

2 comments

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.