Dia da Mãe: 7 livros sobre maternidade para pré-mamãs

livros sobre maternidade

Quando fiquei grávida da nossa filha, o meu marido, já com medo dos meus hábitos de leitura, disse-me que eu podia comprar “no máximo” três livros sobre gravidez. Aceitei o desafio, porque também não queria ficar inundada de informação! Por isso, tive de pesquisar a sério e ser muito focada. Só assim consegui chegar a alguns destes livros sobre maternidade.

É um mundo, claro. E como cada vez mais queremos ser boas mães desde o zigoto, cada vez procuramos informação melhor nesta fase. E eu já fui mãe duas vezes, por isso já tive direito a mais uns quantos!

7 livros sobre maternidade perfeitos para pré-mamãs

Aqui ficam os melhores livros sobre maternidade, alguns dos quais ainda consulto de vez em quando.

The Day-By-Day Pregnancy Book

Este foi o melhor livro que encontrei sobre gravidez. É uma companhia muito grande, porque tem coisas para explicar todos os dias, mesmo quando ninguém liga nenhuma à nossa gravidez. É um livro especialmente bom para curiosas como eu, porque tem toda a informação livre daqueles mitos urbanos, porque foi escrito por uma equipa de obstetras e outros médicos. É uma companhia para os dias em que parece que não está a acontecer nada. Tem imensos conselhos para as mães e um acompanhamento muito detalhado da evolução do bebé.

Expecting better

E agora, que tal uma economista a falar de gravidez? Calma, não saltem já para o seguinte. É melhor do que parece. Este livro da Emily Oster foi uma grande descoberta que fiz. Esta economista engravidou e começou a notar que as recomendações para grávidas variavam imenso, inclusive entre médicos. Então começou a ler todos os estudos que havia sobre o tema.

Para quem não sabe, os economistas são basicamente uns grandes investigadores. Usam o método científico, apoiado em estudos, para suportar qualquer conclusão. Consomem toneladas de informação, que usam para validar hipóteses e geralmente a coisa acaba em gráficos. O que isto significa é que as dicas de gravidez que ela dá são baseadas nos melhores estudos mundiais sobre os temas. Ela inclusive desmistifica as recomendações que os Governos dão, através dos seus organismos próprios,

E juntou tudo num livro: quanto álcool é seguro consumir durante a gravidez, que suplementos tomar, os riscos de diferentes tipos de parto, tudo. Tudo traduzidinho em percentagens de probabilidade, para não haver cá imprecisões.

As Crianças Francesas Não Fazem Birra

Li este livro da Pamela Druckerman, que se chama French Children Don’t Throw Food e fez-se luz. Escrevi um post inteiro sobre ele. O livro é sobre uma americana que vive em Paris e engravida. Então, a autora, que é jornalista, começa a comparar a cultura americana com a francesa e conclui que as diferenças são quase sempre a favor das francesas.

As mães francesas engordam menos, mas até são capazes de comer queijo ou beber um copo de vinho. Recuperam melhor da gravidez. Não passam o casamento para o último lugar da lista das prioridades. Não se definem totalmente pela maternidade. E os bebés franceses dormem e comem melhor, são mais educados e independentes. Não parece bom demais para ser verdade?

As boas notícias? Enquanto portuguesas, acho que estamos a meio caminho entre as culturas americanas e francesa, por isso há muito que conseguimos aproveitar.

O Grande Livro do Bebé

Este livro do Mário Cordeiro é sobre o primeiro ano de vida do bebé. Porquê ler antes do parto? Porque ninguém vai estar a ler livros nas primeiras semanas de maternidade. Há algumas ideias gerais que convém saber. Vão folheando assim sem grande profundidade.

E depois, pimbas, nasce o bebé e ainda bem que tinham o livro lá em casa. Senão, era mensagens de hora a hora à pediatra. No primeiro filho, claro.


.

Mãe de Sete

Não te assustes! Este livro da Mariana d’Avillez não é só para quem tem ou quer ter famílias ultra-numerosas. Acho que para pré-mamãs de primeira viagem ajuda a desmistificar aquela ideia da perfeição que todas temos. E também a ideia de que somos nós que estragamos os filhos, que tem muito que se lhe diga. Ela teve sete e uns dormiam melhor, outros pior, uns comiam melhor, outros pior.

Para quem já não é pré-mamã pela primeira vez, também acho muito útil, nem que seja pela típica dúvida das mulheres: como é que ela faz? Ela conta de forma muito descomplexada e divertida como sobrevive com sete. As escolhas que ela e o marido fazem, o que sacrificam.

Ela é uma mãe bastante descontraída mas focada em aspectos que eu acho essenciais: formar pessoas saudáveis e autónomas, educadas e com um sentido de comunidade.

Louca Por Compras Espera um Bebé

Uma das melhores coisas para animar a minha vida é a Sophie Kinsella. A sério. Devia ser receitado para dores de cabeça ligeiras e falta de paciência para ver as notícias.

Os livros da Sophie Kinsella são leves, ok? No meio desta lista que tem um pouco de tudo, também faz falta pensar nas necessidades de prazer da pré-mamã. Se o livro da economista é um prato de peixe cozido com legumes, este é uma caixinha de bombons.

Este livro em particular, faz parte da série Louca Por Compras (Shopaholic). E tem todas as peripécias de quando a protagonista engravida. Desde fazer uma aposta com o marido a ver se os fundos de investimento valorizam mais do que sapatos Miu Miu até achar que a ginecologista a quer sabotar, vale tudo, risota geral. Quem já leu algum livro da série ainda gosta mais, mas é acessível para qualquer pessoa.

Estamos Grávidos! E Agora?

Disclaimer: eu ainda não li este livro da Carmen Ferreira. Mas já seguia a página de Instagram e, ideologias à parte, creio que uma enfermeira parteira é sempre uma fonte de informação fidedigna.

Uma das coisas que se aprende quando se tem um bebé é que os enfermeiros estão muito mais direccionados para os aspectos práticos da coisa. Os pediatras observam aspectos muito genéricos. Ou seja, se o bebé estiver saudável, o pediatra não diz nada de especial. Mas ainda assim o bebé tem de tomar banho e bolsa e tem um coto umbilical e bla bla bla.

Livros sobre maternidade para pré-mamãs

E são estes os melhores livros sobre maternidade que uma pré-mamã que se preze não pode perder.


Já leste algum destes? Tens alguma outra recomendação?


.


Também te pode interessar:

French Children Don’t Throw Food: book review

7 coisas que mudaram desde que sou Mãe

Os melhores livros para rir muito perfeitos para relaxar

Também podes gostar

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.